Tempo - Tutiempo.net

EUA não responderam à principal questão relacionada às propostas de segurança, diz chanceler russo

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou que os EUA não responderam à principal questão, a expansão da OTAN no Leste Europeu.

Os EUA, em suas respostas sobre as garantias de segurança, não falaram sobre deixar de expandir a OTAN no Leste Europeu, afirmou Lavrov.

“Sobre a questão principal nesse documento não há uma reação positiva. A questão principal é a nossa posição clara sobre a inadmissibilidade do avanço da expansão da OTAN no Leste Europeu e a instalação de armas ofensivas que podem ameaçar o território da Rússia”, ressaltou Lavrov.

Além disso, o ministro enfatizou que os EUA ignoraram conscientemente o princípio da indivisibilidade da segurança, quando a existência pacífica de um Estado não pode ser obtida através da criação de ameaças a outro.

“Vale ressaltar que, quando nossos colegas ocidentais reagem às nossas propostas […] eles sempre apelam à aplicação dos princípios acordados […] no Euro-Atlântico […] Eles imediatamente dizem que isso significa que a OTAN tem o direito de se expandir e ninguém tem o direito de proibir-lhe”, destacou.

Anteriormente, as autoridades russas haviam indicado que as propostas de segurança deveriam ser consideradas como um pacote, e que os EUA e a OTAN não poderiam escolher ou excluir determinados pontos.

As sugestões foram feitas em meados de dezembro pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

O país propôs que ambos os lados reduzissem significativamente atividades que pudessem ser percebidas como ameaçadoras para a outra parte, exigindo que a Ucrânia e outras repúblicas que integraram a União Soviética sejam mantidas fora da OTAN.

O expansionismo norte americano ameaça as nações para nova guerra mundial.

A destruição de países e vidas será  um armagedon

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS