Tempo - Tutiempo.net

Forças russas eliminam 31 aviões em 1 mês e mais de 2.055 militares ucranianos nesta semana, diz MD

DESTRUINDO AVIÕES DE COMBATE UCRANIANOS E ELIMINANDO Mais de 2. 505 militares

Força Aeroespacial da Rússia e meios de defesa antiaérea eliminaram desde 1º de outubro 31 aviões ucranianos e três helicópteros, relatou nesta sexta-feira (27) o Ministério da Defesa da Rússia.

Os meios aéreos derrubados incluem 20 caças MiG-29, oito aviões de ataque ao solo Su-25, um caça-bombardeiro Su-24, dois aviões de treinamento e ataque L-39 e três helicópteros Mi-8.

Além disso, durante esta semana foram eliminados 208 veículos aéreos não tripulados da Ucrânia.

Nesta semana, entre 21 e 27 de outubro, as Forças Armadas da Rússia conduziram 19 ataques com uso de mísseis de alta precisão e drones contra alvos militares ucranianos, em particular em depósitos de munições, aeródromos e locais de implantação de nacionalistas e mercenários.

A entidade militar relatou em comunicado que na direção sul de Donetsk as tropas russas melhoraram durante a semana suas posições na linha do front, o adversário perdeu mais de 885 soldados e 26 equipamentos militares.

O nível do estado moral e psicológico dos militares ucranianos na área de responsabilidade do agrupamento Zapad (Oeste) das tropas russas e nas direções de sul de Donetsk e de Bakhmut-Soledar é criticamente baixo.

Durante a semana 54 soldados de seis diferentes brigadas ucranianas renderam-se aos militares russos.

Na direção de Donetsk os militares russos repeliram nove ataques das forças de Kiev durante a semana, o adversário perdeu mais de 2.055 militares, três tanques, 17 veículos blindados de combate, 22 carros e 16 peças de artilharia de campanha.

Na direção de Kupyansk a Rússia repeliu 47 contra-ataques da Ucrânia e conseguiu tomar melhores posições no front, além disso, foram eliminados quatro depósitos com armamentos e munições das subunidades ucranianas, as perdas ucranianas somaram mais de 705 combatentes, um tanque, 11 veículos blindados de combate, bem como cinco peças de artilharia de campanha.

De acordo com os dados do Ministério da Defesa da Rússia, desde o início da operação militar especial foram destruídos: 515 aviões da Ucrânia, 253 helicópteros, 8.312 drones, 441 sistemas de defesa antiaérea, 12.960 tanques e outros veículos blindados de combate, 1.169 lançadores múltiplos de foguetes, 6.893 peças de artilharia de campanha e morteiros e 14.684 veículos militares especiais.

Estão literalmente sendo dizimados .

Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS