Tempo - Tutiempo.net

Guarda Costeira da Grécia ataca e tenta afundar bote com refugiados sírios

© AP Photo / Michael Svarnias

Em meio à nova crise dos refugiados sírios em direção à Europa, agentes da Guarda Costeira grega são filmados atacando imigrantes do país árabe.

Dias após o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciar a abertura de suas fronteiras com a UE para o êxodo de refugiados sírios em direção ao bloco, um vídeo mostrou a ação da Guarda Costeira da Grécia para deter a entrada dos refugiados em seu território.

As imagens teriam sido liberadas pelas autoridades da Turquia, segundo o tabloide Daily Mail, enquanto a ação se deu próximo ao litoral do resort turco de Bodrum.

Recorrendo a varas de metal e atirando para a água, os guardas gregos tentaram afugentar e afundar o pequeno bote com refugiados sírios, como é visto no vídeo abaixo.

Perguntado sobre o caso, um porta-voz da entidade grega disse que “nós não podemos fazer nenhum comentário” sobre o vídeo, reportou The Telegraph.

Grécia ‘sob pressão’

Por sua parte, o governo grego acusou a Turquia de usar os refugiados sírios como um instrumento contra a Grécia.

“Estas […] pessoas estão sendo usadas pela Turquia como joguetes para exercer pressão diplomática […] A presente situação é uma ameaça ativa, séria, severa e assimétrica para a segurança nacional [da Grécia]”, publicou a Reuters a fala do porta-voz do governo grego, Stelios Petsas.

Crise migratória

Enquanto isso, embates têm sido reportados na fronteira turco-grega, enquanto uma grande multidão de refugiados tenta entrar na União Europeia pela Turquia.

Erdogan afirmou que sua decisão de abrir as fronteiras com o bloco europeu tem como razão a “falta de compromisso” da UE com a crise dos refugiados sírios.

Pelo menos 3,7 milhões de sírios estão refugiados na Turquia, segundo Erdogan.

Sputnik

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS