Iraque é tema de reunião do Conselho de Segurança da ONU

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) reúne-se hoje (12) para discutir a situação no Iraque. Há crescente alarme entre a comunidade internacional desencadeado pela ofensiva-relâmpago lançada por grupos jihadistas que se aproximam da capital, Bagdá.

 

A sessão de consultas a porta fechada vai incluir uma apresentação por vídeo do enviado especial da ONU ao Iraque, Nickolay Mladenov, de acordo com diplomatas.

 

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, lançou, durante a madrugada de hoje, um apelo à comunidade internacional para que se una em favor do Iraque, que enfrenta uma ofensiva radical islâmica nos arredores da capital.

 

Ban Ki-moon “condena com veemência o recrudescimento da violência no Iraque [que deriva] de grupos terroristas, como o Estado Islâmico e o Levante (Eiil), que tomaram o controle de Mossul, Tuz, Khurmatu, Baiji e Tikrit”, indicou o seu porta-voz em comunicado.

 

Desde que o Eiil iniciou a ofensiva a Mossul – a segunda maior cidade do Iraque, com 2 milhões de pessoas – na segunda-feira passada (9), os rebeldes tomaram o poder em várias áreas do Norte e do Centro do país, forçando meio milhão de pessoas a abandonar suas casas.

 

A rapidez com que o Eiil e os seus aliados avançaram após a tomada de Mossul, concretizada na terça-feira, fez soar o alarme nas capitais ocidentais.

 

De acordo com as Nações Unidas, há mais de 2.500 famílias deslocadas em Mossul, a maioria abrigada em escolas e mesquitas, sendo que, segundo as estimativas, cerca de 100 mil entraram em Arbil, capital da região autônoma curda no Norte do Iraque.

Fonte: Agencia Brasil/ Foto: web

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS