Mais reféns deixam shopping no Quênia; segundo a Cruz Vermelha ataque já causou 69 mortes

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Mais explosões e tiroteios foram ouvidos nesta segunda-feira (23) dentro do shopping atacado por membros da milícia islâmica Al-Shabab radical em Nairóbi, capital do Quênia, no último sábado, segundo testemunhas.

 

Quase todos os reféns ainda mantidos no local foram libertados, segundo Joseph Ole Lenku ministro queniano do interior, e dois terroristas do movimento islamita Al-Shabab, que assumiu o ataque, foram mortos em confrontos nesta segunda.

 

O balanço até agora é de 69 mortos e 63 desaparecidos, segundo a Cruz Vermelha, e de 62 mortos, segundo o governo queniano. O ministro afirmou que ainda é cedo para dizer que a ação acabou no local, que o cerco ao shopping continua e que ainda é possível que existam reféns.

 

Segundo ele, o tiroteio de sábado começou no supermercado Nakumat, dentro do shopping. Todos os terroristas eram homens, apesar de que alguns estavam vestidos como mulheres. Eles eram de “várias nacionalidades”. A fumaça que se ergue do shopping é provocada pelos militantes, que estariam queimando colchões, segundo o ministro.

 

Fonte: G1

OUTRAS NOTÍCIAS