Médico de reality show comete suicídio

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Um médico que trabalhava em um reality show de aventuras para um canal de televisão da França cometeu suicídio depois que um dos participantes do programa morreu.

 

Na carta que deixou, o médico Thierry Costa, 38 anos, afirmou que seu nome tinha sido “manchado pela imprensa” depois da morte de Gerald Babin durante as gravações.

 

O programa chamado Koh Lanta estava sendo gravado na ilha de Koh Rong, no sul do Camboja, e Babin, de 25 anos, morreu há uma semana depois de um ataque cardíaco.

 

Algumas reportagens criticaram Costa afirmando que o médico levou muito tempo para atender ao participante.

 

As autoridades francesas já iniciaram um inquérito preliminar para investigar a morte de Babin.

 

O canal de TV que transmite o programa, o TF1, anunciou na semana passada que, apesar da popularidade, vai cancelar o reality show, descrito como a versão francesa de Survivor (que no Brasil ganhou uma versão chamada No Limite).

Fonte: Redação/ BBC Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS