Mujica tenta consertar gafe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O presidente do Uruguai, José Mujica, aproveitou seu programa de rádio semanal para tentar desfazer o mal entendido com a Argentina depois de seu comentário sobre a presidente Cristina Kirchner e seu marido, Néstor Kirchner.
“Nada nem ninguém pode nos separar, definitivamente”, afirmou o mandatário uruguaio, ressaltando que os povos argentino e uruguaio nasceram “da mesma placenta”.

Na quinta-feira, durante um evento na cidade de Sarandí Grande, a 138 km de Montevidéu, Mujica criticou a presidente argentina sem perceber que o microfone estava aberto. “Essa velha é pior que o caolho”, afirmou, sobre Cristina e o marido, morto em 2010. O áudio foi transmitido ao vivo pelo site da Presidência uruguaia.

“Apesar da história ter nos separado, nada nem ninguém pode apagar nossa história”, disse Mujica, ressaltando as origens dos dois países. “Pertencemos ao grupo desses povos. Temos que andar bem com toda a humanidade, mas primeiro com os povos que nasceram da primeira matriz.”.

Fonte: Redação / Folha de SP

OUTRAS NOTÍCIAS