Número de mortos por supertufão Haiyan passa de 5,2 mil

 

O número de mortos por causa do supertufão Haiyan passa de 5,2 mil, de acordo com o balanço divulgado hoje pelas Filipinas. O governo já classifica a tormenta como o pior desastre natural da história do país. Haiyan provocou mais mortes do que o tufão Ormoc, em 1991.

Além disso, 1.611 pessoas continuam desaparecidas, acrescentou o porta-voz do Conselho Nacional para a Redução e a Gestão de Catástrofes Naturais, Reynaldo Balido. Haiyan, um dos tufões mais fortes a tocar a terra, com ventos de mais de 300 km/h e ondas gigantescas, devastou centenas de cidades na região central das Filipinas.

 

O balanço tem 1.200 mortos a mais que o anterior e ainda pode aumentar, já que muitas cidades enviaram apenas relatórios preliminares, de acordo com Balido. Além disso, mais de quatro milhões de pessoas estão desabrigadas, sobretudo nas ilhas de Samar e Leyte, essencialmente agrícolas.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS