Parlamento tem 6.000 acessos a sites pornô em 14 meses

Os computadores do Parlamento britânico vêm sendo usados para acessar pornografia “pesada”, incluindo sites com práticas sadomasoquistas, informa o tabloide britânico The Sun com informações obtidas pela lei de Liberdade de Informação.

 

Segundo o relatório, as máquinas usadas pelos deputados acessaram conteúdo pornô 6.000 vezes em 14 meses.
Entre as páginas inusitadas, está uma que mostra mulheres nuas posando ao lado de gatos e outra com fetiche por pés.
Mais da metade das visitas foi a sites de conteúdo pornográfico homossexual.

 

Sites pornográficos, ou qualquer página que contenha nudez, são proibidos segundo as normas parlamentares.

 

Um porta-voz do Parlamento disse que essas páginas podem ter sido acessadas por engano.

Fonte: Redação / R7

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS