Tempo - Tutiempo.net

Putin: o entendimento sobre invulnerabilidade do equipamento militar ocidental entrou em colapso

Mito de invulnerabilidade de armas do Ocidente é destruído

O adversário está sofrendo perdas significativas, gastou suas reservas tentando mostrar resultados ao seu tutor, disse Putin nesta terça-feira (19).

O Ocidente continua travando uma guerra híbrida contra a Rússia, fornecendo ao regime de Kiev dados de inteligência em tempo real, entregando armas, disse Putin.

O presidente destacou também que é planejado que a Ucrânia receba caças multifuncionais F-16 de vários países, o treinamento de pilotos já é realizado no Ocidente.

De acordo com Putin, 2023 foi um ano tenso para as Forças Armadas da Rússia, mas todos cumpriam as tarefas da operação militar especial profissionalmente e com coragem, “garantindo a soberania do país a nível global, a paridade em mísseis nucleares e a segurança estratégica da Rússia”.

O mito da invulnerabilidade do equipamento militar ocidental colapsou, disse o líder russo durante a reunião ampliada do conselho do Ministério da Defesa.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que Moscou está pronta para negociar sobre o problema ucraniano, mas o fará com base no interesse da Rússia. Ele observou que “a Rússia era o único garante da integridade territorial da Ucrânia”.

Atualmente, segundo ele, na Ucrânia há uma ameaça de desintegração do país, inclusive por causa do desejo dos habitantes das regiões ocidentais, que passaram para a Ucrânia após a Segunda Guerra Mundial, para voltarem à sua pátria histórica.

“E as pessoas que vivem lá, muitos, pelo menos eu sei com certeza, tenho 100% de certeza, eles querem voltar à sua pátria histórica, e os países que perderam esses territórios, em primeiro lugar a Polônia, sonham com os recuperar”, disse Putin, acrescentando: “Neste sentido, só a Rússia poderia ser o garante da integridade territorial da Ucrânia”.

15 lançadores de mísseis Yars e Avangard serão entregues à Força Estratégica de Mísseis, declarou Putin.

Recebemos quatro submarinos, dois – na semana passada, foram entregues os submarinos nucleares Krasnoyarsk e Imperator Aleksandr III, este munido com mísseis balísticos Bulava, disse Putin

O chefe de Estado também disse que a componente aérea está sendo atualizada. “Em particular, recebemos quatro portadores de mísseis Tu-160M.

É necessário continuar a manter a prontidão de combate das forças estratégicas ao mais alto nível. Todos os planos aprovados nesta área certamente serão implementados”, disse o presidente.

Vale ressaltar também que, de acordo com Putin, o nível de equipamento moderno nas forças estratégicas nucleares é de 95%.

Por fim, o presidente russo declarou que é necessário continuar a manter a prontidão operacional das forças estratégicas em alto nível.

Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS