Tempo - Tutiempo.net

Putin: Ucrânia ‘não teve sucesso em nenhuma parte da luta’ durante investida em Zaporozhie

Supremacia militar russa é indiscutível

A Ucrânia, durante as batalhas de ontem (26) na direção de Zaporozhie, sofreu grandes perdas de pessoal – mais de 200 pessoas, tendo sido as perdas da Rússia dez vezes menores, disse o presidente russo, Vladimir Putin, no âmbito da Cúpula Rússia-África.

“Além do equipamento de combate, o inimigo teve grandes perdas de pessoal – mais de 200 pessoas. Infelizmente, não saímos sem perdas. Mas a diferença é enorme, muitas vezes, mais de dez vezes menos do que o inimigo”, disse ele a jornalistas.

Ao mesmo tempo, Putin destacou que todas as tentativas da contraofensiva ucraniana foram interrompidas, não tendo o inimigo sucesso e sendo repelido.

“O inimigo não teve sucesso em nenhuma parte da luta. Todas as tentativas de contra-ataque foram interrompidas, tendo o inimigo sido repelido com grandes perdas”, disse ele.

Segundo o líder russo, hoje foi realizada uma tentativa de devolver o equipamento abandonado, os feridos e os corpos dos mortos.

“Mas eles também estavam dispersos. No momento, a situação é como eu disse”, acrescentou Putin.

A luta, acrescentou o presidente, está na área de responsabilidade da 810ª Brigada da Marinha da Frota do Mar Negro e 71 regimentos da 42ª divisão do 58º Exército do Distrito Militar do Sul, cujos “soldados e oficiais demostraram os melhores exemplos de heroísmo massivo”.

“Inimigo usou grande número de veículos blindados, 50 unidades. Destas, 39 unidades, incluindo 26 tanques e 13 veículos blindados, foram destruídas. 60% [do equipamento] foram destruídos pelas forças de unidade de pessoal citadas anteriormente e 40% pelos pilotos da aviação de combate”, sublinhou Putin.

Soldados e oficiais russos mostraram os melhores exemplos de heroísmo massivo na zona da operação especial, enfatizou o líder russo.

“Tudo o que aconteceu nas últimas 24 horas é um exemplo vívido do heroísmo massivo de nossos soldados e oficiais”, acrescentou Putin.

Assim, sob instruções do chefe de Estado, todos os distintos militares, hoje (27) diretamente na zona das missões de combate serão premiados com prêmios estatais, além disso, as unidades receberão títulos honorários.

Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS