Tempo - Tutiempo.net

Rússia fez 27 ataques de longo alcance a partir do ar e do mar durante a semana, diz MD russo

Russia realizou 27 ataques com armas de precisão e longo alcance

As tropas russas atacaram com sucesso dezenas de alvos militares ucranianos nas últimas semanas, tendo ainda eliminado milhares de soldados, relatou o Ministério da Defesa da Rússia.

As Forças Armadas da Rússia, em resposta às tentativas da Ucrânia de danificar as instalações industriais e de energia russas, realizaram 27 ataques contra a infraestrutura ucraniana durante a última semana, informou nesta sexta-feira (10) o Ministério da Defesa russo.

“De 5 a 10 de maio, em resposta às tentativas do regime de Kiev de danificar as instalações energéticas e industriais russas, as Forças Armadas da Federação da Rússia realizaram 27 ataques em grupo com armas de precisão de longo alcance baseadas no mar e no ar, incluindo mísseis hipersônicos Kinzhal e veículos aéreos não tripulados, em resultado dos quais foram atingidas instalações da indústria de energia, empresas do complexo militar-industrial e infraestrutura ferroviária da Ucrânia.”

Além disso, de acordo com o ministério, “foram atingidas instalações de defesa aérea, arsenais, depósitos de combustível, oficinas de produção e reparação de drones navais e VANT, pontos de destacamento temporários de forças nacionais e mercenários estrangeiros, além de grupos de militares e equipamentos das Forças Armadas da Ucrânia em estações ferroviárias”.

Na República Popular de Donetsk (RPD) e nas regiões de Kherson e Zaporozhie, os agrupamentos de tropas russos Vostok (Leste) e Dniepre avançaram em suas posições, bloquearam um contra-ataque inimigo e eliminaram até 1.100 soldados, sete tanques, oito veículos blindados de combate, 19 outros veículos e 37 peças de artilharia de campo, continuou o comunicado.

Na última semana, o agrupamento de tropas Yug (Sul) na RPD progrediu no front, repeliu um contra-ataque e destruiu mais de 1.985 efetivos, 35 veículos militares, 35 peças de artilharia de campo, estações de contrabateria AN/TPQ-50 e AN/TPQ-50 e três depósitos de munição de campo.

Além disso, foram destruídos um depósito de mísseis de fabricação ocidental perto da cidade de Odessa, estações de radar para o sistema de mísseis antiaéreos S-300, um sistema de detecção e rastreamento de alvos aéreos P-19, e um depósito de combustível do Centro de Logística Conjunta das Forças Armadas da Ucrânia. No total, 13 combatentes ucranianos se renderam.

“As forças de aviação e defesa aérea abateram um avião Su-27 da Força Aérea da Ucrânia e destruíram: três mísseis tático-operacionais ATACMS produzidos pelos Estados Unidos, 17 bombas aéreas guiadas Hammer produzidas pela França e JDAM produzidas pelos Estados Unidos, 30 foguetes GLSDB, Himars, Uragan e Vampire, bem como 163 veículos aéreos não tripulados”, detalhou o Ministério da Defesa da Rússia.

Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS