Tempo - Tutiempo.net

Tropas da Rússia destroem depósitos de munição, barcos não tripulados e mercenários da Ucrânia

850 militares ucraniano foram eliminados no confronto

As forças russas eliminaram entre 1.000 e 2.000 soldados em diversas direções, incluindo membros dos mercenários ucranianos da Legião Estrangeira, segundo a Defesa da Rússia.

A Força Aeroespacial e a artilharia da Rússia atingiram nas últimas 24 horas armazéns com armas e equipamentos militares da Legião Estrangeira, disse na quarta-feira (5) o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia.

“A aviação tático-operacional, os veículos aéreos não tripulados, as forças de mísseis e a artilharia de grupos de tropas das Forças Armadas da Federação da Rússia destruíram armazéns com armas e equipamentos militares do agrupamento estratégico-operacional Khortitsa e dos combatentes da Legião Estrangeira das Forças Armadas da Ucrânia, atingiram um local de armazenamento de barcos não tripulados”, apontou o comunicado.

Os agrupamentos de tropas russas Zapad (Oeste) e Sever (Norte) eliminaram até 835 soldados ucranianos, além de 16 veículos militares, uma estação de guerra eletrônica Nota, obuseiros M777, M198, D-30 (quatro), D-20 (dois) e outros equipamentos.

Os agrupamentos Vostok (Leste) e Yug (Sul) aniquilaram até 375 efetivos inimigos, e também 11 veículos militares, obuseiros M777 (dois), Msta-B, D-20 e D-30 (dois), e uma estação de guerra eletrônica Anklav.

Já os agrupamentos de tropas Dniepre e Tsentr (Centro) destruíram até 400 combatentes adversários, junto com 13 veículos militares, sistemas de artilharia autopropulsados Akatsiya (dois), Gvozdika, Paladin, um lançador múltiplo de foguetes Grad e outros equipamentos.

“Os sistemas de defesa aérea destruíram 55 veículos aéreos não tripulados das Forças Armadas da Ucrânia durante as últimas 24 horas. Além disso, foram abatidos dez foguetes Himars fabricados nos EUA e Olkha, duas bombas aéreas guiadas Hammer fabricadas na França e dois mísseis antiaéreos guiados Patriot fabricados nos EUA”, detalhou a declaração.

No total, durante a realização da operação militar especial, foram destruídos 610 aviões, 274 helicópteros, 25.177 veículos aéreos não tripulados, 527 sistemas de defesa antiaérea, 16.264 tanques e outros veículos blindados de combate, 1.330 lançadores múltiplos de foguetes, 10.124 peças de artilharia de campanha e morteiros e 22.286 unidades de veículos militares especiais ucranianos, resumiu o Ministério da Defesa da Rússia.

SPUTNIK

OUTRAS NOTÍCIAS