Tempo - Tutiempo.net

Em jantar do deputado Marcos Pereira, Lira demonstra insatisfação com o governo por prisão de Brazão

Em aniversário Marcos Pereira reuniu do PT ao PL

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), aproveitou o concorrido jantar de 52 anos do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP) para atribuir sua derrota na votação sobre a manutenção da prisão de Chiquinho Brazão a Alexandre Padilha e Anielle Franco, ministros das Relações Institucionais e Igualdade Racial, respectivamente. Brazão é acusado de ser mandante do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Lira circulou pela ampla propriedade do empresário Oswaldo Gonçalves Oliveira, dono da Pontual Transportes de Carga, onde aconteceu a festa de Pereira, e participou de conversas de deputados.

O conteúdo incluía a informação de que Padilha trabalhou na articulação de parlamentares da base do governo para que votassem a favor da manutenção da prisão de Brazão.

Para Lira, este não seria um assunto para o governo: a pauta deveria ficar restrita ao Congresso. Anielle Franco, irmã de Marielle Franco, que acompanhou a votação do gabinete de Padilha, ligou para deputados federais para pressionar que votassem pela prisão de Chiquinho Brazão. O gesto teria incomodado o presidente da Câmara.

Lira trabalhou pessoalmente para garantir que a prisão de Brazão fosse revertida, mas saiu derrotado na matéria.

A votação, que acabou horas antes do jantar, terminou com 277 deputados federais votando pela manutenção da prisão do acusado de mandar matar Marielle Franco e 129 contrários.

O jantar de aniversário de Marcos Pereira reuniu parlamentares governistas, de oposição e do chamado centrão.

Também circularam pela festa alguns ministros de Lula, como o próprio Alexandre Padilha, Fernando Haddad (Fazenda), Ricardo Lewandovski (Justiça e Segurança Pública), Geraldo Alckmin (Indústria e Comércio), Márcio França (Empreendedorismo), entre outros.

Marcos Pereira tem trabalhado para aglutinar apoios e se tornar o sucessor de Lira na presidência da Câmara dos Deputados.

Além do anfitrião e aniversariante, os outros candidatos ao cargo também estiveram na festa: Isnaldo Bulhões (MDB-AL), Elmar Nascimento (União Brasil-BA), Antônio Brito (PSD-BA) e Pedro Lupion (PP-PR).

A reportagem entrou em contato com os deputados Arthur Lira e Marcos Pereira, mas eles não enviaram posicionamento até o fechamento deste texto. Se houver resposta, a matéria será atualizada.

Igor Carvalho

OUTRAS NOTÍCIAS