Tempo - Tutiempo.net

Moro fica em silêncio diante das perguntas do PT em depoimento à Justiça Eleitoral.

Moro prestou depoimento na Justiça Eleitoral

O ex-juiz suspeito e hoje senador, Sergio Moro, prestou depoimento nesta quinta-feira (7) no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) em processos que podem levar a sua cassação por conta de supostas irregularidades de gastos durante a campanha eleitoral.

No depoimento, Moro negou as irregularidades. Ele também se negou a responder aos advogados do PT e do PL.

No entanto, Moro respondeu aos questionamentos do relator do caso no TRE-PR, o desembargador Luciano Carrasco Falavinha.

“Foi covarde”, disse o advogado Luiz Eduardo Peccinin, que representa a Federação Brasil Esperança.

Os suplentes de Moro, Luis Felipe Cunha e Ricardo Augusto Guerra, também foram alvo das ações, mas não estiveram presentes no depoimento.

Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS