Tempo - Tutiempo.net

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro “estourou a corda” e “não há retorno”

Rodrigo Maia

O deputado federal Rodrigo Maia (sem partido), ex-presidente da Câmara dos Deputados, alegou nesta quarta-feira, 8, que os posicionamentos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) proferidos durante os atos antidemocráticos causou um divisor de águas.

“É impressionante como ontem, depois das duas falas do presidente, esse clima avançou muito. O presidente estourou a corda e não há retorno em relação à posição dele contra as instituições”, opinou Maia. O político chamou Bolsonaro de “populista clássico” e o adjetivou de “Hugo Chavez da direita”.

“Em 2019 e 2020, falamos muito sobre esse assunto, tivemos apoio mas não o suficiente. Ontem acelerou muito, Bolsonaro deixou claro que democracia não é um tema de preocupação dele.”

“É impressionante como ontem, depois das duas falas do presidente, esse clima avançou muito. O presidente estourou a corda e não há retorno em relação à posição dele contra as instituições”, opinou Maia.

Maia destacou ainda a união de líderes partidários de centro e direita para tratar sobre um possível apoio ao impeachment do presidente. Com isso, Mourão assumiria o país.

“Mourão é mais distante da política, não sei se os excessos de Bolsonaro pesam mais do que a falta de relação de Mourão com Centrão”, afirma o parlamentar.

Agência Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS