Tempo - Tutiempo.net

Jorge Amado e Drummond foram considerados para Nobel de 1967

Jorge Amado e Carlos Drummond de Andrade. (RAUL JUNIOR/NELSON DI RAGO/Dedoc)

Documento divulgado pela Academia Sueca mostra os escritores brasileiros Jorge Amado e Carlos Drummond de Andrade numa lista de “finalistas” do Prêmio Nobel de Literatura de 1967. Os arquivos da instituição são divulgados apenas cinquenta anos depois da escolha.

A lista também mostra escritores aclamados, porém nunca premiados com o Nobel, como Jorge Luis Borges e Graham Greene. O vencedor de 1967 foi o escritor guatemalteco Miguel Ángel Asturias.

Na ocasião, a Academia elogiou o trabalho de Asturias “por seu feito literário vívido, fortemente baseado nos traços nacionais e nas tradições dos povos indígenas da América Latina” — é curioso notar que uma descrição muito parecida poderia ter sido atribuída à obra de Amado.

 

Conteúdo Estadão

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS