União Baiana de Escritores prorroga inscrições para dicionário de autores do Nordeste até 30 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Sensível ao momento difícil que vive o Brasil, devido à pandemia do novo coronavírus e atendendo ao número de solicitações, a União Baiana de Escritores – UBESC prorroga até o dia 30 de novembro de 2020, as inscrições para a primeira edição do Dicionário de Escritores Contemporâneos do Nordeste (Ed. Òmnira), uma publicação em parceria com a Revista Òmnira e organização do jornalista, escritor e editor Roberto Leal.

A obra biobibliográfica será publicada na versão impressa e e-book, e contará com verbete de autores com livro publicado, nascidos ou residentes em todos os estados do Nordeste brasileiro (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), que tenham interesse em ampliar a divulgação do seu trabalho artístico literário. Interessados podem obter todas as informações via e-mail: ubesc2013@yahoo.com.br ou WhatsApp:71 98736-9778.

Com o Dicionário de Escritores a UBESC tem o objetivo de ampliar as relações com os artistas da palavra dessa importante região, que deu ao Brasil e ao mundo nomes como Graciliano Ramos, Jorge Amado, Rachel de Queiroz, Ferreira Gullar, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto, Francisca Miriam, Manoel Bandeira, Nísia Floresta, Tobias Barreto e tantos outros escritores que enriqueceram e enriquecem a literatura nacional.

Na contemporaneidade existem inúmeros autores conhecidos, em muitos casos, apenas em suas regiões e a UBESC almeja expandir o alcance desses guardiões das palavras, muito além das fronteiras de seus estados.

Para Roberto Leal, que fundou a UBESC e também realiza um trabalho de divulgação da literatura brasileira em países africanos de Língua Portuguesa, esse novo trabalho busca registrar uma parcela significativa de autores que estejam em pleno processo criativo nessa era, e, além disso, publicando livros nos mais diversos gêneros literários.

A instituição almeja fazer algo relevante para a classe de escritores, não apenas da Bahia, mas em uma perspectiva que englobe todo Nordeste. “A importância do dicionário está no armazenamento dessas informações que ficarão para o futuro da literatura brasileira”, justifica o organizador.

Na visão de Valdeck Almeida de Jesus, diretor da UBESC e um dos maiores promotores de saraus de poesia da Bahia, o dicionário é um importante registro histórico dos artistas da palavra, porque faz um recorde do momento. “Através dele (dicionário) as gerações futuras terão informações biográficas e culturais de uma geração que movimenta a cena cultural.

Além de servir como forma de intercâmbio entre os participantes, ampliar os horizontes e chegar às mãos de pesquisadores, jornalistas e leitores”, explica Jesus.

Em 2015, o jornalista Carlos Souza Yeshua, que também integra a direção da UBESC, organizou o Dicionário de Escritores Contemporâneos da Bahia (Ed. CEPA/BA). Agora é um dos apoiadores da realização desse novo dicionário, que pretende ser ainda mais amplo por acolher nove estados da federação. “Para que a obra de um escritor seja amplamente conhecida e reconhecida é necessário promovê-la continuamente.

Não existe marca famosa sem marketing, publicidade e propaganda. E com o trabalho artístico não é diferente, portanto, é fundamental investir em divulgação.

O escritor também deve reforçar sua marca e marketing pessoal”, aconselha o jornalista. Yeshua reforça ainda que o dicionário é um instrumento singular de promoção do escritor, tanto para o presente, como para o futuro.

Investimento e divulgação – Como a publicação do projeto não conta com financiamento público ou empresarial, o custo da publicação será financiado coletivamente pelos próprios participantes.

O investimento será de R$ 200, (a vista) ou em 2 parcelas de R$ 100 (com direito a 2 exemplares impressos – entregues via ECT, e acesso a versão e-book).

A perspectiva é de uma tiragem de 1.000 (mil exemplares), que também serão distribuídos a entidades, bibliotecas, veículos de imprensa, universidades, Academias de Letras e centros culturais.

Dessa forma reforçará o processo de divulgação desse registro literário, beneficiando a carreira e preservando a memoria e história de centenas de escritores veteranos ou iniciantes, anônimos ou famosos.

Os dois estados que tiverem o maior número de participantes terão lançamento oficial com a presença da direção da UBESC.

Agenda

O que: Prorrogação das inscrições para o Dicionário de Escritores Contemporâneos do Nordeste

Quando: Até dia 30 de novembro de 2020.

Onde: União Baiana de Escritores – UBESC & Revista Òmnira

 

OUTRAS NOTÍCIAS