Bolsonaro compara pandemia do Covid-19 ao comunismo

O Presidente da República,  Jair Bolsonaro (sem partido), realizou uma publicação nas suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (12) onde comparou a pandemia do Covid-19 ao comunismo .

O presidente destaca que, se a facada que ele tivesse levado fosse fatal , o país estaria sendo governado por Haddad ou Ciro e “sua liberdade, certamente, não mais existiria”.

Outra comparação de Jair , desta vez com governadores e prefeitos – alvos do presidente desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Hoje você está tendo uma amostra de quem são os protótipos de ditadores , aqueles que decretam proibição de cultos, toque de recolher , expropriação de imóveis, restrições a deslocamentos, etc”.

Ao final, Jair argumenta sobre a falta de emprego e de renda que atinge a população e pede para que aqueles que acreditam na sua liberdade que “se preparem “.

Nos comentários, muitos mencionaram a conversa divulgada entre o Presidente e o Senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), onde Bolsonaro articula para que a CPI que investigará seu governo seja ampliada para os executivos estaduais e municipais .

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS