Dilma e Campos trocam gentilezas no sertão

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Testemunha do esperado reencontro da presidente Dilma Roussef e do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), nesta segunda-feira (25), o presidente do diretório do PSB em Serra Talhada (a 414 km do Recife), Ronaldo Melo, afirmou que a alegria marcou a chegada da presidente ao sertão pernambucano.

 

“(O encontro) Foi de muita alegria. A presidente deu um grande abraço em Eduardo, que passou boa parte conversando com os senadores Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB). Foi um encontro bastante agradável, e isso foi visto por todos que faziam parte da comitiva no aeroporto”, disse, em entrevista a emissora de rádio de Serra Talhada, onde a presidente participa de solenidade nesta manhã.

 

Melo explicou que o governador, antes da solenidade de inauguração de um trecho da adutora do Pajeú, acompanhou a presidente à Estação de Tratamento de Água, sem qualquer sinal de desentendimento político.

 

Essa é a primeira visita de Dilma a Pernambuco em 13 meses e a primeira após a mudança de discurso do governador e presidente do PSB, Eduardo Campos, que deixou de lado os afagos de aliado para passar a ser um crítico da gestão da presidente.

 

Campos é apontado como possível candidato à Presidência em 2014. Por isso, é grande a expectativa no meio político para os discursos que Eduardo e Dilma farão ao público, em Serra Talhada.

 

Dilma também iria ao Recife, onde inauguraria um dos lotes das obras de duplicação da BR-408, mas cancelou a visita para ir ate o Rio Janeiro, visitar as cidades atingidas pelas chuvas.

Fonte: Redação / Brasil 247

OUTRAS NOTÍCIAS