Evento do PT tem Lula falando em corrupção e camisa pró-Dirceu

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A cerimônia que comemorou os 10 anos de governo petista no País foi elaborada pela direção nacional do partido de forma que o tema do mensalão fosse evitado. E tudo ocorria conforme o planejado até que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi chamado ao púlpito. Em um discurso inflamado, Lula disse que o PT está disposto a debater qualquer tema com a oposição, “inclusive corrupção”.

 

Sentados na primeira fila do evento – mas longe de Dilma Rousseff, evitando uma foto constrangedora, estavam o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e os deputados federais José Genoíno e João Paulo Cunha, os três considerados culpados pelo STF. A claque de Dirceu inclusive providenciou a confecção de uma camiseta com a foto do ex-ministro e a palavra “inocente” grafada.

Para Lula, a principal diferença entre os anos petistas e os anos em que o País foi comandado pelo PSDB é a transparência no combate à corrupção.

A fala da presidente Dilma durante a cerimônia foi mais burocrática, defendendo realizações de seu mandato.

– É um governo que não tem medo dos números porque eles estão ao nosso favor. E lutaremos para que dentro de algum tempo não haja um só brasileiro miserável.

Dilma disse que os anos petistas no comando do Brasil estão “vencendo séculos de um passado escravista colonial, de gritantes desigualdades regionais, de concentração de renda, fome, desabrigo e um crônico atraso educacional e tecnológico”.

Fonte: Redação / R7

OUTRAS NOTÍCIAS