Tempo - Tutiempo.net

Nenhum preto do Brasil sente dor nenhuma”, diz presidente da Fundação Palmares

"Nenhum preto do Brasil sente dor nenhuma", diz presidente da Fundação Palmares

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares,  publicou em suas redes sociais na noite do último domingo (14) que “nenhum preto do Brasil sente dor nenhuma”.

A afirmação ocorre após a divulgação de uma campanha entitulada ‘Imagine a Dor, Adivinhe a Cor’. Encabeçada por Alcione, Gilberto Gil, Mart’nália e Zeca Pagodinho, a campanha conta com a presença de outros artistas.

No post, Camargo alega que os pretos do Brasil não precisam que “artistas hipócritas resolvam seus problemas”.

Segundo ele, ao contrário do que afirmam os artistas, os pretos brasileiros são pessoas trabalhadores.

Antes de minimizar o racismo no Brasil, o presidente da Fundação Palmares perguntou “que troço é esse” – questionando a campanha – e opinou que “até agora (o movimento) só atrapalhou”.

Nesta publicação, Sergio ainda relacionou a crítica com imagens do ‘Kid Bengala’ e do ‘Negão do WhatsApp’.

A campanha “Imagine a Dor, Adivinhe a Cor”, iniciou em março deste ano como uma resposta antirracista que se opõe a violência do Estado.

Segundo dados do projeto, um preto é morto por policiais militares em São Paulo a cada 16 horas. Outra informação divulgada pelo grupo é a de que um jovem preto é assassinado a cada 23 minutos no país.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS