Tempo - Tutiempo.net

Nordeste é a região que mais envia voluntários para o Rio Grande do Sul, mostra levantamento

Atendimento da Força Nacional do SUS no RS

 Dados mostram que o Nordeste foi a região que mais enviou voluntários da área de saúde para ajudar na tragédia do Rio Grande do Sul

Dados do Ministério da Saúde mostram que o Nordeste, com 33% do total, foi a região que mais enviou voluntários do SUS para ajudar na tragédia que atingiu o Rio Grande do Sul.

São médicos, aeromédicos, emergencistas, enfermeiros, psicólogos e climatólogos, entre outros, que compõem o quadro necessário para atender a população do estado.

A Força Nacional do SUS realizou mais de 9,4 mil atendimentos à população gaúcha. Primeiros socorros, atendimentos de rotina e acompanhamento, atendimento relacionado às doenças causadas pelas enchentes, como a leptospirose, são alguns dos atendimentos realizados pelos profissionais de saúde voluntários.

Os profissionais também atuaram em resgates e atendimentos emergenciais de pessoas resgatadas com ferimentos.

“Nessa hora, esses profissionais mostram a força do SUS e dos trabalhadores de saúde. É impressionante a dedicação. Eles escolheram cuidar das pessoas”, disse Márcio Garcia, diretor do departamento de emergência em saúde pública do Ministério da Saúde.

Os voluntários da Força Nacional do SUS precisam ter experiência de pelo menos cinco anos em assistência, que garante atendimento além da emergência. “Temos também atendimentos de doenças crônicas, porque as pessoas foram desassistidas e atendimentos psicossociais”, afirma Márcio.

VOLUNTÁRIOS NO RS:

Região Nordeste: 121 profissionais
Bahia (BA): 36
Sergipe (SE): 27
Rio Grande do Norte (RN): 13
Pernambuco (PE): 12
Paraíba (PB): 11
Ceará (CE): 9
Alagoas (AL): 8
Maranhão (MA): 3
Piauí (PI): 2

Região Sul: 116 profissionais
Rio Grande do Sul (RS): 92
Paraná (PR): 14
Santa Catarina (SC): 10

Região Sudeste: 62 profissionais
São Paulo (SP): 31
Minas Gerais (MG): 24
Rio de Janeiro (RJ): 5
Espírito Santo (ES): 2

Região Centro-Oeste: 54 profissionais
Distrito Federal (DF): 40
Goiás (GO): 10
Mato Grosso do Sul (MS): 3
Mato Grosso (MT): 1

Região Norte: 11 profissionais
Pará (PA): 4
Roraima (RR): 3
Tocantins (TO): 2
Amazonas (AM): 1
Acre (AC): 1

Com informações da Força Nacional do SUS (divulgação)

OUTRAS NOTÍCIAS