Tempo - Tutiempo.net

Repórter da TV Globo é ofendida por Bolsonaro: “Cale a boca! Canalhas…”

Bolsonaro ataca repórter da Globo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mandou uma repórter da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo, calar a boca ao ser questionado sobre o uso de máscara na manhã desta segunda-feira (21/6).

Segundos antes, o mandatário havia criticado um jornalista da CNN porque a emissora cobriu os protestos de 19 de junho (vídeo abaixo).

O chefe do Executivo acompanhou cerimônia de formatura da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). Ao chegar no local, cumprimentou e abraçou apoiadores que se aglomeraram na região. O presidente não usava máscara.

Após o evento, Bolsonaro foi questionado sobre não estar usando máscara e sobre ter sido multado pelo governo de São Paulo por não usar o equipamento.

“Olha, eu chego como eu quiser, onde eu quiser, eu cuido da minha vida. Se você não quiser usar máscara, não use. Agora, tudo o que eu falei sobre Covid, infelizmente, para vocês, deu certo”, disse o chefe do Executivo federal.

Durante a entrevista, o presidente voltou a defender o tratamento precoce com cloroquina e ivermectina, medicamentos ineficazes contra a Covid-19 e que podem agravar a doença.

O Brasil é considerado o pior país do mundo na gestão da pandemia.

Em determinado momento, Bolsonaro elevou o tom de voz com a repórter da Globo e não deixou a jornalista questioná-lo.

“Cala a boca. Canalha, vocês são canalhas. Fazem um jornalismo canalha, vocês fazem. Canalha, que não ajuda em nada. Vocês não ajudam em nada. Vocês destroem a família brasileira. Destroem a religião brasileira. Vocês não prestam. A Rede Globo não presta. É uma péssima [sic] órgão de informação”, disse.

VÍDEO:

Repórter da TV Globo é ofendida por Bolsonaro: “Cale a boca! Canalhas…”

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro tem dito que cobrou um parecer do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que visa desobrigar o uso de máscaras para quem já foi vacinado ou infectado.

“Enquanto eu for presidente, nós vamos lutar para que o cidadão de bem tenha armas e seja desobrigado a usar máscara, com o parecer do Ministério da Saúde favorável nesse sentido”, afirmou o presidente durante transmissão ao vivo nas redes sociais na última semana.

RPP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS