Revista inglesa não perdoa erros de transmissão da Globo

A tecnologia usada pela rede Globo na transmissão do jogo entre Brasil e Inglaterra, no domingo (2), foi alvo de duras críticas da revista The Economist. Blog hospedado no site da publicação diz que a emissora não foi capaz de manter os padrões a que o público inglês está acostumado.

Foram alvos do comentário a baixa qualidade da imagem, o atraso no áudio e um recurso utilizado pela emissora brasileira para inserir publicidade móvel durante a transmissão do amistoso, que acabou em 2 a 2.

O texto da Economist ainda ironiza o palco do jogo ao dizer que o Maracanã, que era inaugurado oficialmente naquele jogo não tinha desabado, apesar dos temores.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS