Tempo - Tutiempo.net

TRENSALÃO TUCANO: JUSTIÇA BLOQUEIA R$ 614 MI DE EMPRESAS

A Justiça Federal de São Paulo determinou nesta sexta-feira 12 o bloqueio de R$ 614 milhões de cinco multinacionais e uma empresa brasileira acusadas de fraudar licitações na contratação de serviços para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e para o Metrô de São Paulo entre 1998 e 2008, durante os governos tucanos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin.

 

São alvo do sequestro de bens as empresas Alstom, CAF, Siemens, Bombardier, Mitsui e TTrans.

 

A decisão judicial já foi executada pelo Banco Central, que, a pedido da Polícia Federal, rastreia os valores na rede bancária.

 

Na semana passada, executivos dessas mesmas companhias foram indiciados em inquérito da Polícia Federal pela prática de cartel e pagamento de propina.

 

A PF indiciou 33 pessoas, inclusive o presidente da CPTM, Mário Bandeira, e o diretor José Luiz Lavorente.

 

O Ministério Público de São Paulo entrou com ação na Justiça para tentar reaver R$ 418 milhões aos cofres públicos.

Fonte: Reutrs/Brasil 247/Redação…….

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS