Feira: dois assassinatos covardes na quarta feira

Dois assassinado na quarta (18) em Feira de Santana

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Cápsula

Jovem é covardemente assassinado com dois tiros no bairro Caraíbas

O jovem Rafael do Amor Divino, de apenas 21 anos, foi assassinado com dois disparos de arma de fogo na tarde de quarta-feira (18), no bairro Caraíbas, em Feira de Santana.

Segundo informações, o jovem estava na rua Almirante Barroso, quando sem qualquern possibilidade de defesa foi atingido por dois disparos na cabeça e costas.

O autor não ou autores não foram identificados e muito menos existe qualquer informação sobre a motivação do crime.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

Adolescente é assassinada com tiro na cabeça em tentativa de assalto no centro de Feira de Santana

Uma jovem de 19 anos em companhia de sua genitora foi assassinada com um tiro na testa em uma tentativa de assalto na manhã de quarta-feira (18), na rua Marechal Deodoro, no centro comercial de Feira de Santana.

Informações confirmaram que Rebeca Almeida de Oliveira  (vítima), estava na companhia da mãe, Maria Helena Augusto, esperando um transporte via aplicativo, quando um homem se aproximou, anunciou o assalto e pediu o celular.

De acordo com Maria Helena, quando a filha foi pegar o celular no bolso recebeu o disparo.

O bandido fugiu sem levar o aparelho. “A gente tinha acabado de comprar verduras e aguardava o Uber quando ele pediu o celular e depois atirou”, contou a mãe.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deverá solicitar imagens de câmeras de segurança para tentar localizar o criminoso. Uma testemunha contou que o assaltante é negro e fugiu de bicicleta. Rebeca morava na rua B, do conjunto Feira X.

Segundo o delegado Luís Smyslov Filgueiras, a polícia apurou que a jovem foi vítima de latrocínio, após se recusar a entregar o celular. “A única reação que ela teve foi de se negar a entregar o aparelho, baixou a mão e escondeu o aparelho e ele efetuou o disparo”, informou o delegado.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Informações de Denivaldo Costa

OUTRAS NOTÍCIAS