Tempo - Tutiempo.net

Cantor sertanejo morre após levar tiro acidental de amigo

O cantor sertanejo Diego Souza Sá morre com um tiro no olho

O cantor sertanejo e sanfoneiro Diego Souza Sá, 29 anos, morreu após levar um tiro no olho em um lava-rápido em Goiânia. O disparo, segundo a família do músico, teria sido acidental.

O autor do disparo, um homem de 37 anos, é o dono do estabelecimento. Ele fugiu após o incidente. As informações são do G1.

Familiares de Diego contaram à polícia que o músico acompanhava um primo, que tinha ido buscar o carro no lava-rápido localizado no setor Vila Nova.

No local, o dono do estabelecimento, teria mostrado o revólver calibre 38 que havia comprado. No manuseio, a arma disparou.

“Aflito, o dono do estabelecimento saiu para buscar socorro, mas acabou não voltando, levando consigo o revólver”, diz o Boletim de Ocorrência.

De acordo com a Polícia Civil, o dono do lava-rápido pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Natural de São Miguel do Araguaia, no norte de Goiás, Diego Souza Sá deixa esposa e uma filha de 2 anos. Ele se apresentava em Goiânia e em cidades do interior do estado.

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS