Tempo - Tutiempo.net

Clínica estética é interditada após morte e envolvidos são intimados

Diarista Maria Jandimar morre após lipo

A clínica do médico Brad Alberto Castrillon Sanmiguel está interditada pela Polícia Civil enquanto investigam a morte Maria Jandimar Rodrigues, de 39 anos, que se submeteu a uma hidrolipo com o cirurgião, e morreu minutos depois de ter recebido a anestesia .

A defesa de Sanmiguel alega que ele está contribuindo com as autoridades e que já forneceu toda a documentação de funcionamento do local de trabalho.

Os investigadores também solicitaram imagens internas e externas da clínica.

Em uma das sessões realizadas, Maria Jandimar apareceu se debatendo durante o procedimento que tirou gorduras de suas costas. A segunda sessão realizaria a hidrolipo na barriga, mas segundo informações da Polícia, a diarista não concluiu o procedimento.

Após ser anestesiada, Maria Jandimar teria deixado a clínica e sofrido uma convulsão no estacionamento do Carioca Shopping, na Zona Norte do Rio.

Filha da vítima, a atendente Brenda Rodrigues, de 21 anos, aguardava sua mãe concluir a intervenção na recepção e a filmou sendo socorrida na calçada do Carioca Shopping, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio, sem saber de quem se tratava.

Ela alega que o médico não quis prestar socorro e parecia prestes a fugir. A defesa do cirurgião diz que Sanmiguel “apresentou socorro médico como forma de evitar a ocorrência da morte”.

Estas informações também estão em investigação pela Polícia, que intimou familiares e envolvidos no caso para prestarem depoimentos na próxima segunda-feira, dia 20.

Além disso, os agentes também aguardam um laudo do IML (Instituto médico legal), que fez exames complementares para detectar a causa da morte da diarista.

Maria Jandimar foi enterrada neste domingo, dia 19, às 11h45, no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte do Rio.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS