FATALIDADE: Incêndio Mata quatro pessoas da mesma família

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Uma vela pode ter causado o incêndio que matou quatro pessoas da mesma família em Rio Pardo de Minas, no norte do Estado.

 

Na madrugada desta quarta-feira (14), o fogo tomou conta da casa e matou Edna Barbosa de Freitas, de 30 anos, Antônio José da Silva Neto, de 28 anos e duas filhas, de 2 a 7 anos. Edna estava grávida de quatro meses. Segundo a polícia, a família usava velas porque a energia havia sido cortada por falta de pagamento no dia anterior

 

A família dormia no momento do acidente. Segundo o investigador Eduardo Viana, a polícia foi informada que, no dia 13, o fornecimento de energia foi interrompido.

 

Não foi um problema no bairro, a energia foi interrompida somente na casa. Eles usavam velas por falta de pagamento da conta de energia

 

A casa da família ficava na rua São João do Paraíso, no bairro Cidade Alta. O laudo pericial só ficará pronto em 30 dias, mas o médico legista responsável pelo caso teria encontrado fuligem nos pulmões das vítimas. Caso a informação seja confirmada, a polícia atestará que as mortes ocorreram por asfixia

 

Peritos analisaram o que sobrou do imóvel. A vela que teria dado início às chamas também foi consumida pelo fogo. Não havia energia elétrica no local para provocar curto-circuito.

 

Toda a casa ficou carbonizada. Morreram o casal e duas filhas no acidente. 

Fonte: R7/ Redação Cl Jornal/ Foto: R7

OUTRAS NOTÍCIAS