Tempo - Tutiempo.net

Funcionária de lanchonete assediada pelo chefe pede socorro em bilhete

O bilhete

Uma jovem de 19 anos que trabalha em uma lanchonete em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, usou um guardanapo para pedir socorro.

O bilhete com o pedido foi enviado por delivery junto com um lanche para a casa de um casal de clientes. Ela contou que estava sendo assediada pelo chefe e que ele estava tentando drogá-la.

“Por favor, chame a polícia nesse endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar. Sou cozinheira. Por favor, não é brincadeira”, dizia o bilhete.

Ao encontrarem o guardanapo com o pedido de socorro no pacote do lanche, os clientes procuraram ajuda em guarnição da Guarda Municipal.

Uma viatura da GCM foi até o local, onde foram localizados o proprietário do estabelecimento e a vítima. De acordo com os guardas, a jovem relatou que seu chefe havia oferecido cocaína e R$ 150,00 para que ela tivesse relações ele.

Ela também disse que ele a agarrou, tentando levá-la para o quarto, mas que conseguiu se desvencilhar.

“Mais tarde, conforme relatou a vítima, ele novamente ofereceu cocaína, como recusou, ofereceu então um copo de vinho com coca-cola, sendo que conforme relatou a vítima, o rapaz havia colocado um produto branco dentro do copo. Diante de toda essa situação a vítima resolveu escrever um bilhete pedindo socorro e colocou dentro do pacote de um pedido que seria entregue a cliente”, disse a GCM.

Em buscas no local, os guardas localizaram, em um quarto, substância semelhante a cocaína.

A vítima e o proprietário da lanchonete foram conduzidos até uma delegacia para registro do boletim de ocorrência. Um inquérito será instaurado para apurar os fatos.

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS