Tempo - Tutiempo.net

Golpe: após reunião de Bolsonaro com embaixadores, oposição denuncia ao STF crime contra o Estado Democrático de Direito

A oposição protocolou nesta terça-feira (19) no Supremo Tribunal Federal (STF), segundo Caio Junqueira, da CNN Brasil, um pedido para que Jair Bolsonaro (PL) seja investigado por uma série de crimes, dentre eles atentar contra o Estado Democrático de Direito.

O pedido foi motivado pela reunião com embaixadores convocada por Bolsonaro na segunda-feira (18). Ele usou o evento para mentir sobre as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral brasileiro.

A oposição também pede que seja apurada a incitação das Forças Armadas por parte de Bolsonaro contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e que a Corte Eleitoral e o Ministério Público Eleitoral (MPE) investiguem o chefe do Executivo por crime eleitoral, propaganda eleitoral antecipada e abuso do poder político e econômico.

Além de ter cometido crime de traição.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS