Homens invadem hospital e matam com 7 tiros acusado da morte de PM

 

Quatro homens encapuzados e armados invadiram a Santa Casa de Misericórdia de Valença, por volta da 3h da madrugada desta sexta-feira (10) e executaram com sete tiros o moto-taxista Édipo de Jesus Andrade, vulgo Gazo, acusado de participar da morte do policial militar João Tiago Leite Machado, 28 anos, que estava a passeio na Praia de Guaibim.

 

Eles pularam o muro da unidade hospitalar, renderam o policial que fazia a escolta e exigiram que o mesmo abrisse o portão. Chegando ao leito em que estava o acusado, deflagraram os tiros. O PM que fazia a segurança ficou em estado de choque e foi encaminhado para a 33ª CIPM.

 

O corpo será levado para o IML de Valença para procedimentos técnicos.

 

O PM João Tiago Leite Machado, 28, foi morto durante uma troca de tiros após confusão por causa de som alto na madrugada do dia 31/12/2013 na praia de Guaibim

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS