Tempo - Tutiempo.net

Idoso é condenado a quase 60 anos por abusar de 3 netas e engravidar uma delas

Idoso condenado por abuso sexual de 3 menores

Um idoso de 73 anos foi preso após  abusar sexualmente  de três netas — duas com idades de 6 e 10 anos — e engravidar uma delas, de 13 anos, na zona rural de Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre.

O suspeito foi condenado a 58 anos e oito meses de prisão, em regime inicial fechado, além de ser obrigado a pagar a quantia de R$ 5 mil a cada uma das vítimas.

O homem teve a prisão preventiva decretada em março deste ano e, à época, confessou ter abusado de uma das netas, mas negou os outros dois abusos, segundo o delegado que investigou o caso, Heverton Roberto de Carvalho.

O Tribunal de Justiça, porém, informou que as vítimas confirmaram que o idoso foi responsável pelos crimes.

Os abusos ocorreram entre os anos de 2015 e 2021, até o caso ser denunciado pela família a um servidor do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de Cruzeiro do Sul.

“Tivemos essa parceria do pessoal do ICMBio que prestou todo esse apoio logístico e uma equipe da Polícia Civil de Cruzeiro do Sul também foi acionada, eles subiram o rio e foram até a Comunidade Triunfo, onde essa família mora.

Chegando lá constataram a situação, conduziram o idoso para prestar declaração, fizemos a oitiva dele, da menor e da mãe dela e representamos pela prisão preventiva, que foi concedida”, afirmou o delegado à época.

De acordo com o TJ, as vítimas eram ameaçadas de morte pelo acusado para que não contassem a ninguém sobre os abusos, que começaram quando a menina mais velha tinha apenas seis anos.

A vítima morava com os avós maternos desde os três anos, e os estupros teriam começado após a morte da avó. A mãe mora na mesma comunidade, em uma casa próxima.

Com informações da Polícia Militar do Acre

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS