Tempo - Tutiempo.net

Jovem dá à luz em pé no meio da rua e bebê é salvo por policial

Bebê nasce no meio da rua e salvo por policial militar

Após sentir fortes dores e tentar alcançar a viatura da Polícia Militar, a jovem Maria Eduarda Costa dos Santos, de 19 anos, deu à luz em pé no meio da rua em Bertioga, no litoral de São Paulo.

Assim que pariu, ela percebeu que o bebê estava sufocando, com o cordão umbilical em volta do pescoço, mas ele foi salvo por policiais que atendiam outra ocorrência.

Maria Eduarda relatou que “foi um alívio” ver o salvamento de seu filho.

O parto aconteceu na madrugada de quinta-feira, 14, após fortes contrações.

Ela saiu à rua à procura de polícia, mas não conseguiu alcançar a viatura. Foi quando deu à luz de pé, ao lado de uma amiga, que segurou o bebê.

Uma equipe do 21º Batalhão de Polícia Militar do Interior, que atendia a uma ocorrência de desinteligência, foi abordada por moradores que pediam ajuda para Maria Eduarda.

Segundo o sargento Erick Wesley da Silva Lobo Lima, chegando ao local, a jovem estava cercada por moradores que a ajudavam, e tinha muito sangue.

O bebê não chorava e tinha um lençol enrolado ao corpo. O policial retirou o tecido e percebeu que o recém-nascido estava com o cordão umbilical enrolado ao pescoço.

Ele não chorava, quando vi, estava sufocando com o cordão”, explicou o policial ao G1. Com muito cuidado, ele retirou o cordão de volta do pescoço do bebê e passou a retirar uma secreção que estava no nariz do recém-nascido.

“Entrei na viatura com a mãe e parti para o hospital. No trajeto, ele deu um choro baixinho, e no caminho do centro cirúrgico, para cortar o cordão umbilical, começou a chorar mesmo”, diz o sargento, que ficou aliviado após a reação do bebê.

A mãe e o recém-nascido ficaram bem após passarem pelo centro cirúrgico do Hospital de Bertioga e permanecem estáveis na maternidade.

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS