Novo secretário nacional de Segurança participou de ataque à bala

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Vê se entende

Carlos Paim, escolhido secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, esteve presente numa das mais malfadadas operações policiais da história recente do Distrito Federal.

 Em 1999, a PM reprimiu à bala uma manifestação de servidores da Novacap, a companhia de urbanização da capital.

Ao fim, um trabalhador morreu, dois perderam a visão e mais de 30 ficaram feridos.

De acordo com o inquérito militar aberto à época, Paim, então tenente do Bope, não teve qualquer responsabilidade sobre o ocorrido e sequer foi indiciado. (O Globo)

Com esse histórico Carlos Paim jamais deveria assumir a função de  secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça,

 Nesse governo de milicianos não é surpresa.

 Como encontramos representantes de entidades consideradas sérias  nesse país, ainda apoiam e participam de manifestações pró Bolsonaro aos domingos em Brasilia ou em qualquer parte do Brasil.

Muitos viajam de suas cidades para participarem dessas manifestações e ainda posam para fotos. (cljornal)

OUTRAS NOTÍCIAS