Padrasto estupra garoto de 3 anos até à morte

 

Lucas Silva da Paixão, de 26 anos, foi preso sob acusação de ter abusado sexualmente de seu enteado de três anos. A criança morreu. O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (15) em São Tomé de Paripe, no Subúrbio, na capital baiana. O menino foi deixado com o padrasto enquanto a mãe foi para um culto em uma igreja local. Ao voltar, encontrou o garoto passando mal. A mãe e uma vizinha levaram o menino para o Hospital do Subúrbio por volta das 10h.

O médico que atendeu o menino, ao perceber gravidade dos ferimentos, acionou à polícia, que levou o suspeito para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na delegacia , ele disse que a criança havia sofrido uma queda, mas exames constataram que o menino tinha lesões compatíveis com o abuso sexual. A criança tinha lacerações até na região do intestino e acabou falecendo no hospital.

 

Uma vizinha do casal foi ouvida pela polícia e contou que dias antes viu Lucas acariciando o menino. A polícia também descobriu que o garoto chegou a reclamar de dores há cerca de uma semana.

O padrasto foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável qualificado.

Fonte: Redação com informações do Correio

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS