Tempo - Tutiempo.net

Policial que puxou homem com moto deve responder por tortura e racismo

PM PUXA HOMEM ALGEMADO COM MOTO

Circulou pelas redes sociais um vídeo que mostra um homem algemado a uma motocicleta da Polícia Militar de São Paulo. O homem precisa correr para acompanhar a moto em movimento.

A PMSP disse que abriu um inquérito para apurar o caso e que “repudia tal ato”.

O momento foi gravado nesta terça-feira (30) na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, na região da Vila Prudente, Zona Leste de São Paulo. O policial pilota a moto a faixa de ciclistas da avenida.

A vítima é um homem negro, que veste calça preta e uma camiseta de manga longa. Ele foi algemado e as algemas estão presas ao baú da moto. O homem corre para conseguir acompanhar a moto do PM.

Em certo ponto do vídeo, é possível ouvir um homem falar: “Olha aí, ele algemou e está andando igual um escravo“.

O ouvidor das Polícias do estado, Elizeu Soares Lopes, disse que irá pedir para a PM apurar a conduta do policial.

“Isso é uma atrocidade. Vamos tomar as devidas providências. Amanhã, abriremos um procedimento”, afirmou ao portal G1.

“As imagens são estarrecedoras, um completo desapreço a dignidade humana, nenhum ser um humano em pleno século XXI, pode ser ultrajado dessa forma. A conduta do agente policial não coaduna com os protocolos da PM, que deve repelir tal atitude“, afirmou Elizeu.

Até a última atualização a Secretaria da Segurança Pública (SSP) não havia informado a identidade do policial militar e do homem algemado puxado por ele na moto.

Segundo policiais ouvidos pelo g1, o homem teria sido detido por suspeita de algum crime, sendo levado depois a uma delegacia, onde teria sido liberado.

O ato foi repudiado nas redes sociais
Guilherme Boulos (PSOL), coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e ex-candidato a prefeito de São Paulo, classificou como tortura o ato.

“Brasil, mais de 300 anos de escravidão… Tortura a sangue frio praticada por um PM de SP. INACEITÁVEL!”

RPP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS