Psicóloga é estuprada após carro quebrar em cruzamento

Uma psicóloga de 34 anos afirma ter sido estuprada na região da Marginal Tietê, em São Paulo, na noite desta quarta-feira (22). O crime aconteceu após o carro dela quebrar. O criminoso se aproximou da vítima oferecendo ajuda para consertar o veículo.

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 18h30. O carro da vítima parou na Avenida Presidente Castello Branco, próximo ao cruzamento com a Avenida do Estado. Um homem se apresentou como mecânico e ofereceu ajuda, convidando a vítima para ir até uma oficina.

A poucos metros do local em que o carro quebrou, ela foi estuprada. De acordo com a rádio CBN, o estuprador teria dito a ela que iria pegar uma ferramenta. Para violentá-la, ele a ameaçou com uma barra de ferro. Segundo a vítima contou à polícia, o criminoso não a roubou.

Após o estupro, o homem fugiu. A vítima foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington, na Bela Vista, na região central, onde passou por exames e depois foi liberada.

O caso foi registrado pelo 2º Distrito Policial da capital paulista, no Bom Retiro. A polícia informou que o suspeito é pardo, tem entre 35 e 40 anos, 1,76 m de altura.

Fonte: Redação / G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS