Tempo - Tutiempo.net

Suspeito confessa ter matado ex-esposa: ‘Dei tiro nela, muitos’

HOMEM CONFESSA TER MATADO EX-ESPOSA

Queven da Silva e Silva, preso por matar a ex-mulher no centro do Rio de Janeiro, na madrugada da última terça-feira, 26, confessou o crime em depoimento na delegacia.

Ele falou que chegou em casa, viu um “cara lá pelado” e atirou várias vezes. Sarah Pereira, de 24 anos, foi morta dentro de sua residência com 16 tiros.

“Dei um tiro na porta, subi, dei um tiro no portão, dei outro tiro na porta, entrei dentro do quarto, meu filho e minha filha deitados, o cara lá pelado, ela tinha corrido pro quarto da irmã dela, pedi para a irmã dela sair e matei ela. Dei tiros nela. Muitos”, falou o criminoso.

Queven da Silva e Silva foi detido em um patrulhamento que acontecia em Santa Teresa, na Região Central do Rio de Janeiro.

De acordo com o PM presente na ocorrência, ele teria ido de mototáxi até a casa da vítima e, depois, se desfeito da arma em um valão.

Queven possui 47 passagens na polícia, por crimes homicídio, roubo e tráfico, e mandados de prisão em aberto.

A mãe de Sarah disse que ela apanhava do ex-marido.

“Eu sempre falava, mas hoje em dia ninguém escuta ninguém. Ela tinha terminado, não queria mais nada com ele. Cadeia é pouco para ele, cadeia é pouco”, afirmou Beatriz.

O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado às 4h35 após vizinhos ouvirem tiros. Ao chegar no lugar, encontraram Sarah morta.

De acordo com relatos, o homem já chegou na rua atirando, subiu até o apartamento onde Sarah morava com os dois filhos, a mãe e a irmã e matou a jovem.

Os filhos de Sarah — um bebê de 2 meses e uma criança de 4 anos — estavam em outro cômodo e tiveram ferimentos físicos. Dezesseis cápsulas de balas foram achadas no apartamento.

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS