Aras adia julgamento no Conselho do MP

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
(Foto: Agência Senado | ABr)

Recém-empossado como procurador-geral da República, Augusto Aras já está se movimentando para proteger o procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol. De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, Aras adiou a sessão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que julgaria Dallagnol, no próximo dia 8, por fazer campanha contra o senador Renan Calheiros (MDB-AL) na internet.

Aras teria dito que “prefere esperar a nomeação de seis novos conselheiros que já tiveram seus nomes aprovados no Senado e aguardam ser oficializados por Jair Bolsonaro”. Atualmente, sete dos 14 membros do CNMP já se posicionaram de forma favorável para que Dallagnol seja investigado.

Brasil 247

OUTRAS NOTÍCIAS