Bolsonaro pensa em mudar hierarquia do Exército para demitir Pazuello da Saúde

Ministro da Saúde General Pazuello

O presidente Jair Bolsonaro estaria disposto a dar adeus ao ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, diante da trágica gestão da pandemia de Covid-19.

O país passa por uma grande dificuldade na operacionalização da vacinação e isso tem gerado irritação entre parlamentares do centrão, novos aliados do presidente.

Segundo o jornalista Igor Gielow, da Folha de S. Paulo, o presidente prepara uma “saída honrosa” para o ministro-general. O mandatário quer garantir que Pazuello suba de degrau na carreira militar após ser exonerado do posto.

Isso no entanto, depende de mudanças na hierarquia do Exército. A lei 5.821/1972 não prevê que um general de logística, como é o caso de Pazuello, vire general-de-exército, quatro estrelas.

Além disso, para um militar alcançar esse posto – o mais alto – depende de indicação do Alto Comando e sua promoção pode acabar atropelando processos de outros generais que pleiteiam a promoção.

Outro elemento que pesa contra Pazuello é o fato de que ele não entrou na reserva quando assumiu a Saúde.

Lucas Rocha

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS