Depois de ter conta congelada, Marinho vende casa por 7 milhões.

Formalmente acusado pela Justiça Suíça de manter conta em paraíso fiscal, abastecida por propina da Alstom, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Robson Marinho colocou à venda uma casa na praia Domingos Dias, em Ubatuba, litoral Norte de São Paulo, por R$ 7 milhões. 

 

Promotores que investigam o envolvimento do ex-chefe da Casa Civil do governo Mário Covas (PSDB) em caso de suborno da multinacional francesa para fechar licitações, acreditam que se trata de uma manobra para evitar eventual pedido de bloqueio.

 

Marinho atua no TCE há 17 anos, com ganho mensal de R$ 30 mil. O MP investiga se seu patrimônio, que inclui ainda Ilha de Araçatiba, com 63 mil metros quadrados, em Paraty, no Rio de Janeiro, é compativel com sua renda.

 

A Suíça também congelou uma conta de US$ 1,1 milhão em nome de Marinho desde 2010, a pedido da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público.

Fonte: Redação ClJornal/ 247/Foto: divulgação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS