Dilma diz no Peru que fará reforma ministerial em 2014

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Durante uma rápida entrevista aos repórteres no Peru por ocasião de sua visita oficial ao país, com vistas a aprofundar a aliança estratégica assinada há dez anos entre os dois países, a presidenta Dilma Rousseff confirmou nesta segunda-feira (11), que fará substituições no primeiro escalão do governo, na medida em que os ministros decidam deixar suas pastas para concorrer às eleições de 2014. Ela negou que pretenda substituir os ministros demissionários, no último ano de mandato, por seus respectivos secretários executivos. Na hipótese de na virada do ano , alguns deles deixarem o governo , a presidente afirmou que seria, sim, possível.

 

A presidente deve usar a reforma ministerial, prevista para o final do ano, para reforçar as alianças políticas com vistas à eleição.

Fonte: Redação

OUTRAS NOTÍCIAS