Dilma sai escondida para andar de moto por Brasília

A presidente Dilma Rousseff (PT) se rebelou na semana passada e decidiu dar uma escapadinha do Palácio do Planalto. Em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (23), a petista contou a história ao ministro de Minas e Energia, Edson Lobão (PMDB-MA), brincando com a fuga para “sentir os ares” do Distrito Federal.

 

“Coloquei o capacete e saí andando de moto pelas ruas de Brasília”, revelou. Mas, apesar de acreditar fielmente que tinha conseguido driblar a segurança, o chefe da proteção pessoal da presidente, general Marcos Antônio Amaro, avisou que estava um passo a frente. “Fiquei sabendo sim, mandei acompanhar a senhora”, confidenciou.

 

A presidente só não revelou se foi na garupa de alguém ou pilotando, mas o Palácio do Planalto adiantou que a chefe não tem carteira de habilitação para motocicleta e sequer saber comandar o veículo de duas rodas. Ao final da coletiva, Dilma também levou uma bronca de Lobão.

 

“A senhora não tem de se preocupar só com você e a Paula [filha da presidente], tem de se preocupar também com 200 milhões de brasileiros”, disse o ministro ao se referir à segurança da petista, que respondeu com mais uma pitada de rebeldia: “A vida é cheia de riscos. Tudo que se faz na vida importa riscos”.

 

Fonte: Redação/ Bahia Notícias

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS