Geddel nega saída da Caixa, mas admite que pode deixar cargo

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Pré-candidato do PMDB ao Palácio de Ondina, sendo apontado nos bastidores como o nome que deve unir os partidos que compõem a oposição nas eleições de 2014, o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, estaria novamente no centro das especulações sobre um possível afastamento do cargo federal, de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica, em função das movimentações políticas.

 

Essa cogitação teria surgido a partir de uma frase sua colocada em sua página no twitter, quando o líder peemedebista deixou claro que estaria chegando a hora de voltar para a Bahia. Apesar de reiterar sempre que é um desejo, mas não uma obsessão, ser o candidato ao governo baiano, mostrando disposição para conversar com os aliados, nos bastidores, lideranças dão como certa a costura em torno de sua postulação na cabeça de chapa do grupo adversário ao governador Jaques Wagner (PT).

 

Fonte: Política Livre

OUTRAS NOTÍCIAS