Mãe algemada é espancada por PM em um dos registros mais revoltantes do ano

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Espancada na delegacia

O segundo-tenente André Luiz Leonel Andrea, comandante do 3º Pelotão em Bodoquena (MS) foi flagrado em vídeo de câmeras de segurança dando socos e chutes contra uma mulher que estava algemada.

O crime aconteceu dentro do quartel da PM de Bonito, a 297 quilômetros de Campo Grande. Veja o vídeo no final da reportagem.

O caso aconteceu no dia 26 de setembro, mas o vídeo foi divulgado apenas neste domingo (22/11).

O policial empurra a mulher contra a parede. Ela tenta se defender com os pés, mas acaba levando um chute na genitália, além de diversos socos e tapas.

Na cena, outro PM ainda parece segurar a mulher na cadeira para que o colega continue batendo.

Homens que estão no ambiente e um outro oficial ignoram a mulher sendo agredida. Um deles, escorado no balcão, sequer vira-se para ver a cena.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher se envolveu em confusão em um restaurante quando tentava levar comida à sua filha de 3 anos, que tem autismo.

A mulher queria ser atendida para levar comida à criança e teria se envolvido em uma discussão com o dono do estabelecimento.

O B.O, que foi feito sem que os policiais soubessem que as imagens seriam um dia divulgadas, diz que a mulher estava bêbada e teria cometido desacato. O boletim não faz menção às agressões do policial.

Nas redes sociais, as imagens já repercutem. “Imagina o que acontece por trás das câmeras? É por essas e outras que é impossível não odiar a polícia”, desabafou uma internauta.

RPP

 

OUTRAS NOTÍCIAS