Médico recebe R$ 390,00 por cirurgia no crânio

O deputado Colbert Martins Filho (PMDB) repudia o descaso com que o Governo Federal continua tratando os médicos, denunciando que um profissional que atende pelo SUS recebe R$ 10,00 por consulta, R$ 175,00 por um parto normal, R$ 391,00 por um tratamento cirúrgico de fratura do crânio com afundamento, ou R$ 56,36 por um tratamento de dengue hemorrágica.

“Há outros exemplos de remunerações descabidas e desrespeitosas, numa tabela que não é reajustada há anos”, salienta o deputado.

“O médico que trabalha para o governo não tem um plano de carreira, tem uma remuneração vergonhosa em relação a outros profissionais, não tem perspectiva de uma aposentadoria decente e, o que é pior, enfrenta grandes dificuldades no exercício da profissão, como fica patente nas rotineiras reclamações diárias da população”, acrescenta o parlamentar, que também é médico.

Colbert Martins Filho destaca que o médico é um dos profissionais mais mal remunerados pelo governo federal, comparando-se, por exemplo, o salário inicial de um advogado da União, que é de R$ 14.900,00.

“Para pagar um médico do Programa Saúde da Família (PSF), de suma importância no atendimento básico, o governo federal oferece de R$ 6 mil a R$ 8 mil”, destaca.

Fonte: Assessoria

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS