Tempo - Tutiempo.net

O governador Rui Costa (PT) subiu o tom contra o ex-prefeito ACM Neto (UB).

Lula e Rui Costa

“As pessoas quando querem enganar o povo vira lobo em pele de cordeiro. Tem gente que é nova de idade, mas velha de cabeça. Ele não tem relação de amizade, afeto, carinho com ninguém porque ele é um filhinho de papai que acha que os outros têm que receber grito e ordem dele. Ele se relaciona com grito. É o tipo de pessoa que nasceu em berço de ouro e acha que todo mundo tem que se abaixar e se ajoelhar em frente dele”, disse o governador em entrevista à rádio Portal do Oeste FM.

A declaração de Rui ocorre um dia após o ex-prefeito questionar a relação dele com os prefeitos, afirmando, inclusive, que o petista estaria usando de ameaças com os gestores municipais.

“O que acontece é que ele não se conforma de uma pessoa simples como eu, como Lula ou alguém como Wagner, que veio do Rio de Janeiro, possa ser governador. Ele acha que aquilo (Palácio de Ondina) é de propriedade dele. Então ele pode espernear o quanto ele quiser, porque nós vamos continuar fazendo obras. O povo vai conhecer o candidato de Lula e vamos dar a resposta a ele e aos outros que se acham dono do poder”, completou Rui Costa.

O governador Rui Costa (PT) rebateu as críticas de ACM Neto (UB) e seus aliados sobre a educação estadual.

“Fico perplexo com a capacidade que as pessoas têm de, em ano eleitoral, falar o que nunca praticou. É sempre assim: quem mais fala é quem menos faz”, disse ele.

Apesar de Neto não associar sua imagem a nenhum presidenciável, o petista ainda aproveitou para reforçar que Neto é aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“E por coincidência, esses mesmos que criticam (a educação) são aliados de Bolsonaro, que destruiu a educação no Brasil. Agora esse mesmo ex-prefeito fica com a cara de pau, tentando esculhambar a educação e a escola pública”, disse.

Rui ainda completou dizendo que o ex-prefeito transfere a responsabilidade de alfabetizar a criança para o Governo do Estado.

“Ele foi prefeito por 8 anos, teve a oportunidade de fazer e nunca fez. Nem a questão básica, que é o ensino infantil, ele garantiu em Salvador. Essas mesmas pessoas falam que o índice de analfabetismo é alto na Bahia, esquecem que a responsabilidade de alfabetizar a criança na idade certa é do governo municipal”, disse.

A Bahia teve um crescimento exponecial no governo petista, não existe contestação, só confirmação.

cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS