Os “wagueristas” não pensam, cumprem as ordens disse Gaban

Em pronunciamentos do deputado estadual Carlos Gaban na Assembleia Legislativa, a denúncia formulada pelo deputado causou certo burburinho quando ele afirmou:

– Os “wagueristas” não pensam, cumprem as ordens que as assessoras do secretário… Como é o nome daquele que manda aqui? Qual o nome do primeiro-ministro mesmo? Rui Costa.

Então aqui é diferente. Os que pertencem à Bancada do governo Wagner não pensam obedecem o que manda a assessoria que está aqui, presidente. Está aqui hoje, já vi “ela” utilizando o telefone da Assembleia, a sala do cafezinho, que sempre foi privativa dos deputados e da imprensa, e hoje é invadida no dia da votação pelos assessores de Rui Costa.

Não é nem o governador quem manda, não. O nível agora baixou, em vez de ser o governador que dá as ordens, são assessores de Rui Costa, candidato a deputado federal, que estão usando a máquina. Olha, vai ter uma votação. A votação do PT, acho, vai tudo para ele.

Tenho pena dos outros candidatos a deputado federal do PT, porque de um lado está o PP mandando brasa! Está autorizando tudo! É empresa que chega, é empresa que sai, é o secretário que chega lá: o que é que você quer que eu faça? Mas cadê meus votos?

Então usa a máquina de um lado. O PP de um lado usando a máquina, e o Rui Costa do outro, que controla tudo. E pior, controla os deputados…

Após esses comentários alguém disse que Gaban esqueceu que Rui Costa será o candidato ao governo do Estado. Deputado federal será o secretário de Comunicação, Robson Almeida, que deve fazer dobradinha em Feira de Santana com Zé Neto.

O tempo está de muito ruído na comunicação do governador Jaques Wagner. O PT deve definir com a maior brevidade, internamente, quem será o candidato ao governo do Estado, o desgaste está se ampliando.

Fonte: Redação/Bancada da minoria

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS